Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Saltos de Cristal

Saltos de Cristal

Be MAGRI: mas que raio é isto?

 

Para quem não sabe, a actriz, Luciana Abreu, é o rosto da nova campanha do Be MAGRi, um produto de emagrecimento. O problema começa logo ai pelo nome do produto. Be MAGRI? Mas que raio é isto? É Português?

É desta forma que querem captar a atenção do consumidor? A mim, parece-me apenas ridículo! Ai senhores do Marketing, onde estavam vocês quando isto foi delineado? Mas tudo bem, vamos prosseguir, há coisas piores: o vídeo promocional.

Sim, a Luciana Abreu tem um corpinho de sonho….mas nem isso chega para salvar isto. Aliás, nem sei por onde começar. A letra, a música, a coreografia…é tudo tão MAU. Simplesmente parece um vídeo de música pimba ....  e de má categoria.

Ora estejam atentos à letra (não recomendo a leitura às pessoas mais sensíveis)

“O calor está a chegar
Queres ter tudo no sítio
O som vai bombar
Sem desculpas - dá início

Be Be Be Be BeMAGRI
Põe tudo no sítio
Be Be Be Be BeMAGRI

Sexy neste Verão, alegando
E na praia arrasar
O teu hit de Verão
A moda que vai pegar

BeMAGRI ajuda a emagrecer onde precisas.
BeMAGRI - Põe tudo no sítio”

Mas o que é que pretende com esta letra? É que não explicam o objectivo do produto, nem a sua composição, nem a quem se destina. Limitam-se a a repetir “Be Magri”, alegando que o produto “põe tudo no sitio”. Mas tudo o quê? Há algum produto milagroso que possa transformar o corpo por completo? E em quanto tempo? É que alegadamente o corpo vai estar pronto para o verão.

Enfim, mais uma campanha (pode-se chamar a “isto” campanha?) para enganar o consumidor. Mas lá está, só se deixa enganar quem quer. Pois, para ter um corpo em forma não há segredos. Há que apostar numa alimentação saudável e fazer exercício físico. Depois há alguns suplementos que se podem tomar mas nada deste género.

O Be MAGRI é apenas isto: um atentado à sanidade mental!

(Sim, depois de assistirem ao vídeo é provável que se oiça vezes sem conta o refrão “Be MAGRI” na vossa cabeça. É um dos “sintomas” deste género de música. Mas não se preocupem, em poucas horas irão esquecer-se da existência deste vídeo….ou então não).