Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Saltos de Cristal

Saltos de Cristal

FIA 2018 - A maior feira intercultural da Península Ibérica tem data marcada

logofia-facebook-01.png

 

 

A FIA Lisboa 2018 – Feira Internacional do Artesanato, um dos eventos mais emblemáticos e apreciados pelo público em geral já tem data marcada. Entre 23 de junho e 1 de julho os visitantes terão a oportunidade de degustar inúmeros sabores, entrar nas danças e tradições dos quatro cantos do mundo. Este é o lugar para ver e adquirir peças de artesanato únicas, nacionais, internacionais e celebrar o grande encontro de culturas, que já se vive há 31 anos.

 

A FIA Lisboa, a maior feira de multiculturalidade que ocorre na Península Ibérica e a segunda maior da Europa será, durante 9 dias, a plataforma de excelência para a promoção da identidade e desenvolvimento dos territórios nacionais e internacionais, tanto a nível económico, como cultural e turístico.

 

Com organização da Fundação AIP, em parceira com o IEFP – Instituto do Emprego e Formação Profissional, estará patente uma exposição temática fruto desta longa ligação. Este ano, e pela primeira vez, o evento conta com a participação de países como Timor-Leste, Bulgária, República do Congo e Gana.

 

No total serão mais de 40 países, 600 expositores, 220 deles estrangeiros, dos cinco continentes, entre eles empresas, artesãos nacionais e internacionais, entidades ligadas ao desenvolvimento rural, regional e agentes na área da gastronomia artesanal, tradicional e restauração.

 

É também na FIA Lisboa que surgem possibilidades de estabelecer sinergias, conhecerem-se novos profissionais, coleccionadores e apreciadores dos ofícios artesanais, artes e design. Este evento permite, num único espaço, usufruir de experiências com inúmeras culturas, emoções e sabores. 

 

Durante nove dias os visitantes têm o Mundo inteiro para visitar e experimentar, não só na visita aos stands, como também nas mais de 200 atividades paralelas que se realizam durante todo o evento, organizadas pelos países e entidades presentes. Este ano, e à semelhança de 2017, espera-se a visita de mais de 110 mil pessoas, número com que a feira encerrou as portas no ano passado.